monalisa-cabeça-cortada
Modelo Teórico da Mercadoria
May 8, 2014
modelo-de-comunicação-manipulação
Modelo de Comunicação como Manipulação
October 14, 2016
estudos-sobre-seo

Estudos sobre SEO




Uma página ideal


Pensando no que mostramos anteriormente, você pode utilizar o esquema abaixo para notar se as suas páginas estão bem pensadas quando falamos em SEO:

Os Sitemaps são especialmente úteis se:


    • O seu site tiver conteúdo dinâmico.
    • O seu site tiver páginas que não podem ser facilmente encontradas pelo buscador durante o processo de rastreamento – por exemplo, páginas com conteúdo em AJAX ou Flash.
    • O seu site for novo e houver poucos links para ele. Como o crawler rastreia a web seguindo os links de uma página para a outra, se seu site não estiver bem “linkado”, vai ser difícil detectá-lo.
    • O seu site possuir um grande arquivo com páginas de conteúdo que não estão bem linkadas umas às outras ou que simplesmente não estejam linkadas.

Para os Sitemaps de qualquer formato, considere o seguinte:


      • Se seu Sitemap contiver uma lista de outros sitemaps, você poderá salvá-la como um arquivo de índice de sitemap e usar o formato XML fornecido com esse tipo de arquivo. Um arquivo de índice de sitemap não pode listar mais de 1.000 sitemaps.
      • Um arquivo de Sitemap não pode conter mais de 50.000 URLs na sua lista e ser maior que 10 MB quando não compactado. Se o seu sitemap for maior que isso, divida-o em vários sitemaps menores. Esses limites ajudam a garantir que seu servidor não seja sobrecarregado ao enviar arquivos muito extensos para o buscador.
      • Especifique todos os URLs usando a mesma sintaxe. Por exemplo, se você especificar o local de seu site como http://www.exemplo.com/, sua lista de URLs não poderá conter URLs que comecem com http://exemplo.com/. E se o local especificado for http://exemplo.com/, sua lista de URLs não poderá conter URLs que comecem com http://www.exemplo.com/.
      • Não inclua IDs de sessão na sua lista de URLs.
      • O URL do Sitemap deve ser codificado para capacidade de leitura pelo servidor no qual está localizado. Além disso, ele pode conter somente caracteres ASCII. Ele não pode conter caracteres ASCII maiúsculos nem determinados códigos de controle ou caracteres especiais, como * e {}. Se o URL do seu sitemap tiver esses caracteres, ocorrerá um erro quando você tentar adicioná-lo.

Para facilitar o trabalho, existem ferramentas que fazem um sitemap automaticamente para você. Uma dessas ferramentas é o https://www.xml-sitemaps.com/.

Com o Sitemap.XML pronto, é preciso enviá-lo ao Google Search Console. Acesse a ferramenta e encontre no menu a opção Rastreamentos > Sitemap:
Clique no botão “Adicionar sitemap” para que você inclua a URL do seu arquivo Sitemap.XML. O Google irá visitar sempre este endereço para encontrar novas atualizações do arquivo. Desta forma, não é necessário ficar repetindo esta ação.

Arquitetura da informação: estrutura e organização de indicação de páginas para cima e para baixo pensando em uma estrutura de pirâmide, onde a home page é o topo mais alto e as páginas de conteúdo, as mais baixas.




Home Page deve ter links para todas as categorias (para baixo)





Páginas de Categoria


  • Toda categoria deve conter um link para os seus tópicos (para baixo).
  • Toda categoria deverá ter um link para a home (para cima).
  • Toda categoria deve ter um link para todas as outras (transversal).
  • Mencione a palavra-chave no conteúdo em quantidade razoável e variações ou sinônimos.




Tópicos




  • Todo tópico deve ter link para home page (para cima) (5 palavras).
  • Todo tópico deve ter link para todas as categorias (para cima).
  • Todo tópico deve ter link para os tópicos da mesma categoria (transversal).
  • Todo tópico deve ter link para seus próprios sub-tópicos (para baixo).




Sub-tópico



  • Todo sub-tópico deve ter link para home page (para cima).
  • Todo sub-tópico deve ter link para todas as categorias (para cima).
  • Todo sub-tópico deve ter link para as páginas de tópicos da mesma categoria (para cima).
  • Todo sub-tópico deve ter link para todos os sub-tópicos da mesma categoria(transversal).
  • Todo sub-tópico deve ter link para todas as próprias páginas de conteúdo (para baixo).




Páginas de conteúdo


    • Toda página de conteúdo deve ter link para home page (para cima).
    • Toda página de conteúdo deve ter link para todas as categorias (para cima).
    • Toda página de conteúdo deve ter link para todos tópicos da sua categoria (para cima).
    • Toda página de conteúdo de ter link para todos os sub-tópicos da mesma categoria (para cima).
    • Toda página de conteúdo deve ter link para outros conteúdos do mesmo sub-tópico (transversal).

Por exemplo, use o mesmo header (home, blog, produtos, etc.) para todas as páginas e para as páginas do blog utilizamos também a mesma sidebar (as categorias do blog, ao lado). Isso já é nativo em quase todos os templates de WordPress. Cada vez que criamos um post novo ou uma página nova essa estrutura de link é replicada automaticamente, menos os links de conteúdos relacionados, que é feito parte manualmente e parte por plugin.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *